fbpx

Em pronunciamento na sessão online do plenário esta noite (9), o senador Lasier Martins (Podemos-RS) cobrou do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que cumpra a promessa feita no seu discurso de posse e encaminhe em favor da voto aberto na eleição da Mesa Diretora, em fevereiro de 2021.

O parlamentar gaúcho fez questão de reproduzir a frase dita pelo chefe do Legislativo ao fim da histórica e tumultuada sessão de sábado, 2 de fevereiro de 2019: “No que depender da minha condução, esta será a derradeira sessão do segredismo, do conforto enganoso do voto secreto”.

O senador pediu a Alcolumbre que, acolha suas próprias palavras, e coloque em votação o Projeto de Resolução (PRS) 53/2018, do próprio Lasier, que acaba com o voto secreto para presidente e outros cargos do Senado. “Muitos senadores e a população querem isso, em nome do princípio da transparência que se espera dos representantes eleitos”, disse.

O PRS modifica o Regimento Interno do Senado para acabar com o voto secreto para escolha de presidente e vice-presidente da Casa, além de demais membros da Mesa e para presidentes e vices das comissões temáticas. “Não devemos temer a crítica das ruas: devemos ouvi-la com atenção e acolhê-la com humildade”, sublinhou Lasier, reproduzindo outra frase dita por Alcolumbre em sua posse como presidente.